Tendência: vestidos anti-sociais


Vestido Aranha

Não sei vocês, mas eu gosto de roupa que me protege. Do frio, da chuva e, se possível, até de outras pessoas. A designer de moda e engenheira holandesa Anouk Wipprecht criou o Spider Dress, o vestido aranha, cujo corpete possui membros robóticos construídos com tecnologia que responde a estímulos externos, protegendo o espaço pessoal do usuário. Aparentemente retirado de um animê futurista, o vestido foi impresso em 3D e é adornado por 20 sensores de proximidade e bio-sinais sem fio conectado a uma plataforma Intel Edison, permitindo ao sistema analisar o comportamento de pessoas num raio de aproximadamente sete metros ao mesmo tempo que monitora o nível de estresse interno do usuário. Assim como uma aranha, se houver uma aproximação agressiva, o vestido se coloca em posição de ataque.

Robotic Spider Dress [Intel Edison based] // 2015 teaser from Anouk Wipprecht on Vimeo.

O vestido é um reflexo da filosofia de Wipprecht de enfatizar a biologia de nossos corpos através de tecnologia, ao invés de silenciá-la. Como ela explica para a Motherboard, “o vestido de aranha em particular tem a percepção extendida do instinto do usuário ao atacar quando alguém entra no seu espaço pessoal sem ser convidado”. O vestido será lançado no festival CES de consumo de eletrônicos entre os dias 6 e 9 de janeiro em Las Vegas.

Seria excelente para usar no transporte público.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s